Currículo primeiro emprego

Publicado 1 ano atrás por
Curriculo primeiro emprego

Jovens candidatos que estão tentando ingressar no mercado de trabalho vão com certeza passar pelo desafio de criar seu primeiro currículo. Seja para uma vaga de estagiário, de menor aprendiz, de emprego de férias ou até como efetivo é comum que surjam dúvidas de que informações devem ser incluídas e quais devem ser evitadas no currículo. Mais que isso, quase todos os candidatos vão ter insegurança ao montar um currículo quando eles ainda não possuem experiências profissionais para incluir.

 

PARTICULARIDADES DO CURRÍCULO PARA PRIMEIRO EMPREGO

Ainda que parecidos visualmente, um currículo para primeiro emprego é bastante diferente do currículo de um profissional com anos de mercado.

A primeira diferença, que inclusive é bastante intuitiva, é o tamanho/densidade do currículo. É de se esperar que um jovem que ainda não possui experiências profissionais não possua também muito conteúdo para adicionar em seu currículo, enquanto um profissional com alguns anos de mercado provavelmente já trabalhou em diferentes empresa, participou de diversos projetos e atingiu uma série de resultados e metas pessoais. Mas, é importante destacar que o tamanho do currículo não é algo relevante, afinal, um candidato que está ingressando no mercado de trabalho provavelmente não vai competir por uma vaga com um profissional com anos de carreira.

Outra grande particularidade de um currículo de primeiro emprego é que ele costuma enfocar menos em experiências profissionais passadas – que é o grande destaque de um currículo tradicional – e mais em experiências estudantis e extracurriculares.

 

COMO MONTAR UM CURRÍCULO PARA PRIMEIRO EMPREGO

  1. Currículo claro e direto ao ponto: Um currículo bem formato, visualmente equilibrado e sem enrolações já é um diferencial para um profissional em começo de carreira. Lembre-se, currículo é algo formal, deve ser preparado com seriedade e erros gramaticais são imperdoáveis.
  2. Informações de contato e link para seu perfil profissional online: Jovens profissionais que possuem um perfil em plataformas como o LinkedIn estão a frente dos concorrentes. No mínimo isso mostra curiosidade e interesse no mercado de trabalho.
  3. Um objetivo claro: Seja bastante específico na área e se possível na oportunidade que tem interesse. Currículo de profissionais com algum tempo de mercado deixam claro o objetivo simplesmente por conta das experiências profissionais anteriores, mas esse não é o caso de quem está entrando no mercado. Além disso, um candidato que tem claro sua área de interesse mostra maturidade para a empresa recrutadora.
  4. Foque em suas habilidades e projetos pessoais: Quando o candidato não possui experiências relevantes ele pode focar em destacar projetos que participou, prêmios que ganhou durante os estudos, cursos extra curriculares e principalmente habilidade com ferramentas e plataformas que podem ser importantes no dia-a-dia de trabalho.
Abaixo montamos um exemplo de currículo bem elaborado para um jovem que ainda não possui experiências profissionais: curriculo_sem_experiencia  

CUIDADOS AO PREPARAR O CURRÍCULO

  • Revise o currículo algumas vezes e garanta de não existirem erros gramaticais e/ou expressões informais. Sempre que possível é interessante que outra pessoa revise o seu currículo para procurar por potenciais erros. Uma boa dica é que um amigo próximo com um pouco mais de experiência ou familiares revisem seu currículo antes de enviá-lo para possíveis oportunidades.
  • Não minta. Alguns jovens se sentem pressionados na hora de criar seu primeiro currículo e acabam inventando experiências ou conhecimentos apenas para aumentar o tamanho do currículo e parecer mais experiente do que realmente são.
  • Não é relevante colocar suas notas escolares. Esse tipo de informação não é valiosa para o recrutador. Apenas devemos incluir notas escolares se elas forem solicitadas pelos recrutadores ou em caso de cursos para profissionais seniores como MBA’s e especializações.
  • Bicos, trabalhos de férias e voluntariados também podem ser incluídos no seu currículo.
  • Salve seu currículo em formato PDF ao invés de um arquivo editável.
  • Se possível prepare também uma versão em inglês do seu currículo. Algumas poucas empresas costumam pedir o currículo também nesse formato caso a vaga exija o idioma inglês.

Ainda tem dúvidas sobre quais informações devem ou não ser inclusas no currículo? Preparamos um outro material tirando qualquer dúvida sobre isso.

 

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PRIMEIRO CURRÍCULO

1 – Meu currículo ficou muito pequeno. Isso é um problema? Não. É de se esperar que uma pessoa que está ingressando no mercado de trabalho possua um currículo simples e sem grandes experiências. Um currículo muito longo até parece algo estranho, afinal, a recomendação mesmo para profissionais com bastante tempo de mercado é de que eles tenham um currículo com 1 ou 2 folhas.

2 – Devo incluir meus hobbies? Não. Currículo é documento formal e você apenas deve incluir seus hobbies se eles forem relevantes para a oportunidade que você estiver aplicando. Por exemplo, se você está aplicando para uma oportunidade de estágio em uma empresa de tecnologia você pode citar seu hobbie em criar blogs e páginas de internet.

3 –  Terminei de montar meu currículo e estou inseguro. O que posso fazer? Converse com alguém mais experiente, mostre seu currículo e peça opinião de algumas pessoas. Organize todos os feedbacks e adeque seu currículo.

4 – Devo incluir uma foto no meu currículo? Não, evite colocar seu foto no currículo.

Compartilhar:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Quer deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TuaCarreira.com.br